Páginas

segunda-feira, 13 de novembro de 2006

Para não dizerem que não falei de flores...


Ontem foi aniversário da Rainha do Castelo, a mulher que me ensinou um montão de coisa, que ouve todos os meus sermões quando na verdade quem precisa de um pito sou eu (!!!).

A comemoração foi extensa: começou na sexta-feira e terminou só no domingo. Na sexta à noite, levei a Rainha e a Dinda para um banquete de ostras e vinho branco. Três garrafas depois, estávamos quase fechando o bar e conversando sobre tudo o que há entre o céu e a terra, principalmente nossa vã filosofia.
No sábado, levei a Rainha para almoçar fora, mas no domingo é que a dita-cuja foi pro brejo, mesmo! Almoçamos no A Figueira Rubayat, que para mim é um pedaço do Paraíso de Vatel e Carême no meio do Jardins. Sai de lá achando que nunca mais iria sentir fome na vida!!!
Espero que você tenha gostado, Sua Majestade! E me aguarde: em três anos, a maior festa de 60 anos que você jamais teve!

2 comentários:

simaocireneu disse...

Uepa! Parabéns à aniversariante! Eu e o Suzy comendo na Black Gold ou no G's, e vocês na Figueira? Quem pode, pode, nénão?
Amplexos cirenaicos!

Bibi Smith disse...

Mas, amigo Simão, não é todo dia que a realeza aniversaria, não é? (hum, rimou e ficou péssimo...!)
Da próxima vez, vamos conosco!
Obrigada pela visita! Um beijo!