Páginas

terça-feira, 21 de novembro de 2006

Ah, essas manias...

Fui instada pelo meu querido amigo Simão a fazer uma lista de 5 manias que tenho, continuando uma corrente que o Bandini achou ter quebrado. Pensei muito antes de aceitar o desafio porque admitir as minhas esquisitices não é fácil, não. Mas, tudo pelo social:

1) Não assino e nem escrevo o nome de ninguém em vermelho porque quando eu estava na sexta série me disseram que dava azar - não tenho idéia do quê nem porquê, mas mal não deve fazer;

2) Quando eu era adolescente eu tinha mania de escutar música e imaginar uma história baseada na letra - assim nasceram alguns dos meus escritos, influenciados por duas bandas da minha geração que escuto até hoje: Depeche Mode e Dire Straits. Curiosamente, nunca escrevi nada sob os auspícios de New Order... (hum, talvez seja a hora de tentar!);

3) Mania de guardar recortes de revistas e jornais. Tenho quatro ou cinco pastas lotadas de artigos sobre literatura, resenhas de livros que me interessaram, desenhos, fotos de jóias que quero comprar, receitas que quero cozinhar, endereços na 25 de Março ou em New York (percebam como sou eclética) que quero visitar e fazer compras, enfim, uma pilha imensa de papel e eu nem lembro a metade do que está lá. Então, a pergunta que não quer calar é: porque eu guardo? Sei lá, mania.

4) Mania de tartaruga - ela está em toda a parte: em miniaturas espalhadas pelo meu escritório em casa, na estampa da minha toalha de praia, na minha necessaire, na calça do meu pijama, marcada na minha pele.

5) Mania de listas!!!!! Adoro fazer lista, de tudo, de supermercado, to-do-list para sábados em que fico sem o Papageno, de objetos do desejo, de como gastar meu dinheiro wisely, de convidados para festa de aniversário, de cardápios para servir aos amigos, de cartões de Natal, de cuidados com a beleza... lista de listas a fazer!!!

Pronto, taí minha excentricidade escancarada.

10 comentários:

simaocireneu disse...

Bibi, prezadíssima, agradeço. Esse troço das manias é interessante, pois a gente se sente bem, de saber que não é o único louco da face da Terra!
Amplexos do Cireneu!

Anônimo disse...

Quando você conta suas manias acaba querendo saber as manias dos outros. Cheguei aqui através do Simão e gostei muito.
Ah, adoro Dire Straits.

Um beijo.

Bibi Smith disse...

Simão: não estamos sozinhos em nossas loucuras mas costumamos pensar que as nossas são mais loucas que as dos outros, não é mesmo? Um beijo!

Arturo: bem-vindo! Que bom que você gostou porque também gosto muito do seu blog. Adorei a história das galinhas! Um beijo e espero que volte mais vezes!

Mafaldita disse...

Bibi!!!!! Apesar da longa estrada percorrida conjuntamente, eu não conhecia algumas dessas manias... tipo essa aí do nome em vermelho (imagina se eu não vou incorporar...). Amei sua casa no caso da tartaruga!!
Besos!!

Mafaldita disse...

CasCo, quis dizer...

Bibi Smith disse...

Mafaldita: bem-vinda, mi casa es su casa!!! Sobre as manias, não é sempre assim? Por mais que a gente pense que conhece uma pessoa, de repente descobrimos que ela só cortas as unhas às quartas-feiras, só come coxinha de frango começando pela parte mais pontuda ou só dorme depois de ler um soneto de Bocage, ou tudo isso junto!!!
Um beijo!

JokerMan disse...

Olá Bia,
Genial o blog.
Gostei desta história de manias. As pessoas são muito loucas, cada uma com sua mania. Mania de listas acho que é uma mania mundial. E são sempres polêmicas. Impossível fazer listas e não esquecer alguém ou alguma coisa. Ou então colocar elementos que, depois de uma nova olhada, não têm nada a ver com elas. Agora começar a comer coxinha pela ponta, essa é demais...nunca vi.
abraços,
Diego

Bibi Smith disse...

Jokerman: bem-vindo!!! Que bom que você gostou do blog, feel free para aparecer sempre que quiser! Escuta, não conta pra ninguém, mas a história da coxinha é real... e mais: é minha!
Um beijo,

Joana disse...

Gostei as manias! A mania das listas também tenho! Mas não me organizo muito com elas, acabo por quando preciso delas, nunca sei onde andam! :P
Excentricidade moderada, mas principalmente com personalidade! Gostei!
Mt giro o blog!
Bjinhos

Bibi Smith disse...

Joana, às vezes penso que só o fato de termos uma personalidade mais marcante já nos faz excêntricos, não acha?
Um beijo!