Páginas

domingo, 7 de janeiro de 2007

If you can love me for what I am, we shall be the happier. If you cannot, I will still seek to deserve that you should.
(Ralph Waldo Emerson)

4 comentários:

Anônimo disse...

Bibi,
Eu acho que o amor busca exatamente a forma mágica de ser que o outro possui, esse mistério que cada ser tem.
Penso eu, que se fosse diferente não teria graça alguma.
Teria?? Ih!Agor vou pensar sobre o assunto.
Bjo

Emilia disse...

Bibi: Não haverá muitos como este Emerson, capaz de tanto esforço para ter merecimento por parte da sua amada.Mas mais feliz será mesmo, quem consegue ser amado tal como é.
Bjo

Bibi Smith disse...

Esfinge,
Uma vez uma amiga me disse que o amor é narcisisita porque buscamos no outro o que amamos em nós mesmos.
Dá o que falar, esse tal de amor, não?
Um beijo!

Bibi Smith disse...

Emília:
Feliz também daquele que ama o outro como ele é, sem querer mudar, alterar, deturpar, modificar, moldar ou estragar o ser amado.
Um beijo!